Expendabros – Advergames

O jogo “Expendabros” é uma brincadeira com o recente lançamento dos cinemas “Os Mercenários 3” (“The Expendables 3”).

introducing-the-expendabros-broforces-free-expenda_wbaz

O jogo lembra muito uma fusão do clássico “Metal Slug” com o mais recente “Super Meat Boy”, dentro do universo da franquia dos Mercenários. No jogo podemos controlar os principais personagens do filme, como os protagonizados por Sylverster Stallone, Terry Crews, Jason Statham, Arnold Schwarzenegger, Dolph Lundgren, Wesley Snipes e Randy Couture.

expendabros1
Assim como no filme, Mel Gibson é o grande vilão. O jogo segue bem o estilo do filme, sendo puramente de ação, aonde podemos atirar, pular e explodir basicamente tudo. Cada vez que ganhamos uma nova vida, um novo personagem é utilizado, do elenco do filme. O curioso é que apesar da má fama dos jogos baseados em filmes, esse consegue ser realmente muito bom. O jogo possui uma estética dos games do final dos anos 80 e início dos anos 90, o que se mostrou uma decisão inteligente de design, dado que o tema central do filme gira em torno de estrelas de filmes dessa época.

hahahaah

O jogo apesar de dar suporte ao filme, dentro de sua campanha de Marketing, consegue funcionar independentemente do filme. É um excelente case de transmídia e de “advergames”, que são os jogos utilizados para se fazer propaganda.

 

Confiram a mais nova rede social para os desenvolvedores e amantes de jogos: http://www.kolksgames.com.br/

Anúncios

Brothers: A Tale of Two Sons – Narrativas do século 21

O jogo “Brothers: A Tale of Two Sons”, é uma brilhante obra do cineasta Josef Fares. Josef é de origem libanesa e se mudou para a Suécia com 10 anos, fugindo da guerra no Líbano.

hqdefault
O jogo nos coloca no controle, simultaneamente, de dois irmãos que iniciam uma jornada para encontrar um elixir para curar o seu moribundo pai. O jogo não possui diálogos compreensíveis, já que possui uma lingua própria. Os jogadores tem que intuir e descobrir a história, de acordo com a forma que ela vai sendo apresentada.

brothers_a-tale-of-two-sons_troll-bridge

Durante o jogo passamos por diversas situações com um gameplay sempre dinâmico. As situações, puzzles e o gameplay mudam a todo o instante. O jogo também possui um lindo trabalho de câmeras, possivelmente espelhando a bagagem de Fares de cineasta.

maxresdefault

Josef Fares conseguiu criar uma brilhante obra. Muitas vezes a união do cinema com os games é vista com ceticismo, por conta de diversos fracassos do passado, além da aparente confusão em que os games são utilizados como suportes para se contar filmes. Fares fez diferente, compreendeu perfeitamente a mídia e soube utilizar-se da interatividade como força para contar uma história com mais poder emocional, além de se utilizar das técnicas do cinema, as chamadas cutscenes.

Brothers 2013-09-20 00-12-01-20

O jogo é curto, sendo finalizado em menos de 4 horas, porém é uma dessas raras obras que marcam a indústria e ditam os próximos passos do que será uma tendência no futuro: a narrativa do século 21 se apropriando e respeitando as potencialidades midiáticas dos games, balanceando a filmografia com a interatividade.

 

Confiram a mais nova rede social para os desenvolvedores e amantes de jogos: http://www.kolksgames.com.br/