Ballistic – Evoluções tecnológicas

O jogo Ballistic, desenvolvido pela porto alegrense Aquiris game experience, é um jogo brasileiro publicado pela Rumble e disponível gratuitamente no facebook e Kongregate.

1
O jogo trata-se de um FPS – First Person Shooter, com as clássicas e já consagradas mecânicas de correr, pular, atirar, etc. O jogo conta com classes de personagens e cada um possui um conjunto de armas. Os jogadores conforme vão vencendo e matando os inimigos ganham pontos de experiência e assim evoluem os seus personagens.

2
O jogo possui um suporte a microtransação, aonde é possível comprar armas e demais recursos para progredir o jogo. Possui um conjunto um pouco limitado de fases, aonde os 2 times (vermelho e azul) se embatem em partidas rápidas de aproximadamente 9 minutos.

3
“Ballistic” não possui muitas inovações em game design, atuando em um gênero já consagrado por jogos como “Counter Strike”, “Doom”, entre tantos outros. A grande inovação de “Ballistic” é a tecnologia empregada para dar suporte ao jogo.

4

Há 10 anos atrás, jogos como o citado “Counter Strike” eram jogados em Lan houses e ainda hoje são jogados, mas dessa vez na casa das pessoas. A grande diferença é que “Ballistic” não quer CDs de instalação, downloads nem nada, sendo jogado diretamente no browser de internet. O trabalho dos programadores para otimizar os algoritmos do jogo que permitiram essa tecnologia é que é realmente incrível. O jogo se passa como se fosse um filme em “streaming” exibido no Netflix, o que talvez seja um sinal dos novos tempos, em que o mercado não terá mais consoles ou demais hardwares dedicados e sim poderosos algoritmos rodando em browsers de internet.

 

Confiram a mais nova rede social para os desenvolvedores e amantes de jogos: http://www.kolksgames.com.br/

Anúncios

2048 – Virais

O jogo “2048” é o novo fenômeno atual da internet, criado pela italiano Gabriele Cirulli, ocupando o espaço deixado por “Flappy Birds”, de estrela indie no cenário gamer (apesar de não em termos financeiros).

1
O jogo consiste em 16 espaços, aonde quadrados precisam ser agrupados, apenas sendo possível agrupar aqueles com números iguais. O jogo começa sempre com 2 quadrados, sendo que a cada jogada um novo quadrado é criado, geralmente de número 2 e com algumas poucas vezes com o número 4.

2
O jogo usa as setas direcionais do teclado, isto é, para cima, baixo, esquerda ou direita. Quado pressionamos uma tecla direcional, todos os quadrados são arrastados para a direção indicada, a não ser que estejam bloqueados com outros quadrados na sua frente, de forma a travar o deslocamento. O jogo vai ficando mais difícil pois as somas vão ficando mais altas e para se formar o 2048, precisa-se de 2 blocos de 1024, ou 4 blocos de 512, ou 8 blocos de 256, ou 16 blocos de 128, o que é uma tarefa difícil tendo em vista que temos apenas 16 espaços e a maior parte dos blocos são de valor 2. O jogo rapidamente começa uma outra partida depois que se perde, no caso de todos os 16 espaços terem sido preenchidos sem se formar a combinação de 2048.

3
O jogo “2048” rapidamente se tornou um sucesso viral na internet, aparentemente também tendo versões para o Android Market. O professor da Wharton University Jonah Berger escreveu no ano passado um livro, ainda sem publicação no Brasil, chamado “Contagious: Why things catch on”, aonde estuda o fenômeno do boca a boca e o porque de alguns produtos e serviços se tornarem virais. Eu li este livro no intuito de tentar compreender o fenômeno do jogo “Flappy Birds”.

55

Berger nos traz um framework, isto é, uma estrutura de análise, chamada “STEPPS”, em que tenta analisar 6 fatores cruciais para um produto ser viralizado, que são basicamente:

– Social Currency
– Triggers
– Emotion
– Public
– Pratical Value
– Stories

Talvez esse jogo seja muito compartilhado e falado por aqueles que querem receber status de vencedores do jogo (Social Currency), talvez seja pela emoção de vencê-lo ,dada a sua dificuldade (Emotion), talvez seja por ele estar disponível gratuitamente e publicamente (Public) ou talvez seja por ele ser apontado como o sucessor de Flappy Birds (Story). O fato é que ainda não temos um modelo perfeito para se entender quais jogos serão um sucesso, mas este certamente é um exemplo atual.

Para quem quiser experimentar o jogo e possivelmente perder algumas horas de sua vida:

http://gabrielecirulli.github.io/2048/

 

Confiram a mais nova rede social para os desenvolvedores e amantes de jogos: http://www.kolksgames.com.br/