Mainichi – Traduzindo experiências cotidianas

O jogo “Mainichi” é uma tradução independente da experiência cotidiana de um transexual.

O jogo nos coloca na pele de um personagem negro em situações cotidianas, tais como andar pela sua casa, se alimentar, tomar banho, andar na rua e entrar em um bar. O jogo não possui um objetivo definido, de forma que funciona como um simulador da uma vida cotidiana, um tanto quanto niilista.

O jogo foi criado por Mattie Brice, um transexual americano, que tenta emular em forma de jogo os preconceitos e desafios cotidianos que enfrenta. O jogo quebra algumas regras do design tradicional de games, mas consegue criar a experiência do preconceito, da solidão e do niilismo proposta.

Do ponto de vista do game design, “Mainichi” mostra a forma e força dos games para traduzir e transmitir experiências. A mesma poderia ter sido relatada em forma literária ou mesmo ter sido exposta em formato audiovisual, porém ao nos colocar no controle do personagem, sentimos empatia pelo mesmo ao se defrontar com suas situações e contradições cotidianas.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s